Oncologia Clínica Florianópolis

Dr. Luiz Alberto Silveira - Oncologista Clínico / Diretor Técnico
Dr. Lucas Van de Sande Silveira - Oncologista Clínico / Diretor Clínico

Rua Dom Joaquim 885, 4ºandar
(48) 3364 1196 Administração

(48) 3229 0155 Recepção

A Oncologia Clínica Florianópolis oferece serviços oncológicos com excelência técnica e atendimento solidário, prezando pelo compromisso obstinado com a cura e qualidade de vida dos pacientes.

Artigo de Revisão:

 

Incidência de Câncer Colorretal em Pacientes Jovens.

Rev. Col. Bras. Cir. 2017; 44(2):208-215

Resumo:

 

O câncer colorretal (CCR) esporádico é tradicionalmente diagnosticado após a sexta década de vida, embora uma pequena porcentagem de casos seja diagnosticada em doentes abaixo dos 40 anos de idade, e a incidência está aumentando. Existe uma grande controvérsia a respeito da evolução clínica de doentes jovens portadores de CCR em comparação aos mais idosos. Os objetivos deste estudo foram avaliar a prevalência de CCR em doentes jovens, rever a literatura pertinente e discutir suas características mais importantes nesta faixa etária.

Leia mais...
 

Biossimilares como estratégia de acesso ao uso de medicamentos na oncologia.


O câncer representa um importante problema para a população cada vez mais globalizada em todo o planeta. Expectativas da OMS indicam que em apenas duas décadas as neoplasias malignas serão a principal causa de morte em todo o mundo, algo que já acontece em pacientes com mais de 45 anos nos Estados Unidos.

Essa realidade epidemiológica gera um interesse muito particular pelo estudo da doença e pela procura de uma melhor compreensão de seus mecanismos, o que deve aprimorar o tratamento. Como consequência, testemunhamos avanços significativos no entendimento da doença e melhores

 

Leia mais...
 

Imunização no paciente adulto com tumores sólidos

 Recomendações adaptadas à realidade brasileira

  

De acordo com os dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), são estimados para o ano de 2017 mais de 420.000 casos novos de câncer, excluindo-se os tumores de pele do tipo não-melanoma.(1) Muitos pacientes oncológicos padecem de complicações infecciosas, especialmente em virtude da imunossupressão pela própria neoplasia ou em decorrência do tratamento oncológico.(2) Apesar da maioria das infecções na atualidade não poderem ser prevenidas por vacinas, algumas podem ser evitadas através de adequada imunização, contribuindo assim para redução da morbimortalidade. No entanto, os pacientes oncológicos com imunossupressão podem não montar uma resposta imune protetora à vacinação, assim como podem desenvolver infecção caso a imunização seja feita com vacinas de vírus vivos ou de cepas atenuadas. Desta maneira, o conhecimento sobre vacinação em pacientes com câncer é de fundamental importância para todo médico que trata casos oncológicos.

Leia mais...
 


<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 Próximo > Fim >>

Página 1 de 8
joomla wellnessLorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s...
Heeey, this is poll in the drop-down menu?!